Usando GTD com apps nativos do iPhone

Uma das coisas que mais gosto no GTD é que ele pode ser desenvolvido em diversos tipos de ferramentas. Isso é ótimo atualmente, quando usamos smartphones como iPhones e Androids, que possuem apps de agenda, notas e gerenciamento de tarefas instalados nativamente no sistema. Eu faço dessa forma: uso a metodologia do GTD com apps para iPhone nativos.

Primeiramente é importante dizer que se você não conhece como funciona o GTD é bom ler antes o meu post introdutório ao GTD e o post que trata das listas de próximas ações dividas por contextos

Vamos lá: GTD Com apps para iPhone!

Os aplicativos que eu uso para montar meu sistema são o “Calendário”, o “Lembretes” e o “Notas”. Todos os três já vem instalados nativamente no iPhone. Para relembrarmos, as cinco atividades que devem ser realizadas regularmente no GTD são: Coleta, Processamento, Organização, Execução e Revisão.

O app que uso como Caixa de Entrada e que centraliza todas as minhas fichas é o “Lembretes”. Como ele é baseado em listas, criei uma lista chamada “Caixa de Entrada”, onde é realizada a Coleta. Ali anoto o que precisa ser feito, idéias, tarefas de trabalho, etc… As outras listas que criei são: “Projetos”, “Aguardando”, “Talvez um dia”, e as listas de contextos “@Computador”, “@Telefone”, “@Trabalho”, “@Rua” e “@Casa”.

2015-04-07-16.09.11

Quando chega a hora do Processamento e Organização, vou analisando item por item da Caixa de Entrada e movendo entre as fichas. Se o item é algo que não preciso eu deleto. Se é algo que eu não vou fazer agora mas talvez possa fazer, movo para a lista “Talvez um dia”. Se eu preciso daquele item somente para referência futura, eu o retiro do app Lembretes e faço uma anotação no app Notas.

Se o item na Caixa de Entrada do app Lembretes demandar mais de uma ação, é só movimentar ele para a lista “Projetos”. Se for uma ação que tiver como fazer em menos de 2 minutos, eu faço e marco o item como concluído. Se outra pessoa puder fazer, eu movo o item para a lista “Aguardando” com o nome da pessoa.

Caso a ação da Caixa de Entrada tenha data e hora para acontecer ou ser realizada, é só tirar o item do app Lembretes e criar um novo compromisso no app Calendário. Se a ação não tem uma data específica para ser realizada, eu faço a análise do local ou recurso que preciso para executá-la e movo o item para uma das listas de contexto mais pertinente.

Feito isso é partir para a Revisão e a Execução. Sempre verifico diariamente os compromissos marcados no Calendário e, quando tenho tempo disponível, analiso a lista de Contexto do local onde estou ou do recurso que tenho no momento.

Usando o iPhone para manter meu sistema pessoal do GTD, além de contar com ótimos aplicativos, tenho a vantagem de poder utilizar o iCloud para fazer o backup de tudo e deixar as tarefas e compromissos disponíveis no MacBook e no iPad. Ou seja, não tem desculpa pra não se organizar…

E você, já está usando o GTD? Como é o seu sistema pessoal? Você usa um iPhone ou Android para se organizar? Compartilhe aí nos comentários!

Deixe um comentário